Aumentar tamanho da letra  Reverter ao tamanho original Diminuir tamanho da letra  english español

Sereias da Natureza

Por: Paula Barja

Foto: Darryl Stansbury/Wikimedia 

Foto: Darryl Stansbury/Wikimedia 

Será mesmo que as sereias existem? Na verdade, podemos dizer que  sim!!! Na época da descoberta das Américas (no século XV), Colombo escreveu em suas anotações ter visto sereias e que estas não eram tão bonitas quanto ele esperava. Na realidade, o que Colombo viu foi um peixe-boi. Por muito tempo, os peixes-boi foram confundidos com sereias, provavelmente devido à sua cauda muito parecida com as de peixe, e suas mamas, que podem se parecer com os seios de uma mulher. Por causa dessa história, os peixes-boi são chamados de Sirenia (que vem de sereia).

Ok, você já descobriu que a sereia, na verdade, é um peixe-boi, mas agora vem uma outra pergunta: ele é um peixe ou um mamífero? O peixe-boi ou manati (como também é conhecido) é um mamífero aquático. Ele recebeu esse nome porque vive na água e, assim como o boi, é um herbívoro (se alimenta apenas de vegetais).

Os manatis são seres bastante dóceis que habitam rios, estuários e mares. A espécie marinha pode medir 4 metros e chegar a 800 quilos, já a de água doce (existente apenas na Amazônia) é menor, medindo cerca de 2,5 metros e pesando 300 quilos. Esses animais são muito gulosos, podem passar até 8 horas comendo, e ingerir o equivalente a 10% do seu peso (por exemplo: um peixe-boi de 300 quilos come cerca de 30 quilos de comida por dia!).

Foto: Ahodges/Wikimedia 

Foto: Ahodges/Wikimedia 

Os peixes-boi são animais que vivem muito tempo, mais ou menos 50 anos, chegando, em alguns casos, aos 60. Mas infelizmente o tempo de vida desses dóceis animais está diminuindo cada vez mais, devido às ações do homem. Por isso, todas as espécies de Sirenia existentes no mundo estão em perigo de extinção e uma já foi extinta. A caça ao peixe-boi é proibida desde 1971, mas ainda hoje eles são capturados pela sua carne, óleo e seu couro. Além da caça, muitos animais ficam presos em redes de pesca e acabam morrendo afogados. Como os manatis vivem em águas rasas, próximo à costa, eles também sofrem com a poluição das praias e com os barcos que passam rápido e os atropelam.

Mas nem tudo está perdido. Aqui no Brasil, em 1980 foi criado o Projeto Peixe-Boi, que resgata, cuida dos animais feridos e os reintroduz em seu habitat natural. Além disso, o projeto também faz reprodução de filhotes em cativeiro, o que ajuda no aumento da população desses animais. Se interessou por esses animais? Quer conhecer o projeto? A sede nacional fica em Pernambuco na cidade de Itamaracá. Existem outras três bases, uma em Mamanguape na Paraíba, outra em Pirapoeira no Alagoas e a última em Cajueiro da Praia no Piai.

Conheça mais sobre as diferentes espécies aqui

Mais informações:

Projeto Peixe boi

Projeto Viva o Peixe Boi Marinho

Sirenian International


 

versão para impressão: versão para impressão