Aumentar tamanho da letra  Reverter ao tamanho original Diminuir tamanho da letra  english español

Frutas exóticas

Por: Bruno Delecave

Algumas das frutas mais populares em nosso país não são nativas daqui. O solo fértil do Brasil nutriu essas plantas e elas se adaptaram muito bem. Hoje, mesmo sendo comumente encontradas na mesa do brasileiro, elas continuam sendo frutas exóticas. Conheça melhor algumas delas.

 Jaca

 Jaca aberta. Foto: Wikipedia.

Jaca aberta. Foto: Wikipedia.

Assim como tantas outras plantas, a jaqueira (Artocarpus heterophyllus) chegou ao Brasil por mãos portuguesas. Originária da Índia, a jaca teve um papel importante no reflorestamento da Floresta da Tijuca. Por causa da falta d’água, nenhuma outra árvore conseguia se desenvolver. Mas o resistente pé de jaca conseguiu, e floresceu.


Existem jacas duras e moles. Os frutos duros são mais utilizados para fabricar compotas e doces. Por ser mais doce e macia, a jaca mole é melhor para comer. As sementes de ambas variedades também podem ser consumidas, depois de assadas ou cozidas.

Mangueira

 Manga-rosa. Foto: Embrapa.

Manga-rosa. Foto: Embrapa.

Apesar de ainda ser considerada exótica em boa parte do Ocidente, a manga (Mangifera indica) já é uma das frutas mais apreciadas no mundo. Veio da Índia, onde é importante ingrediente na culinária e base de molhos, como o mango chutney, por exemplo, e pratos. Os portugueses trouxeram esta fruta do Oriente para a África e, depois, para o Brasil.


Há mais de mil variedades de manga. Elas podem ser divididas em dois grupos: as vermelhas e as “outras”. As vermelhas – ou americanas – foram criadas na Flórida nos anos 20. Incluem a Tommy Atkins, a Palmer e a Haden. A manga-rosa é uma representante brasileira das vermelhas.


Já as outras ficam amarelas – em vez de vermelhas – quando maduras. Elas são plantadas principalmente na Ásia. Mas, também existem algumas variedades nacionais pertencentes a esse grupo, como a Bourbon, a carlotinha e a espada.

Caquizeiro

 Caqui. Foto: Wikipedia

Caqui. Foto: Wikipedia

Esta fruta também veio do Oriente. Natural da China, o caqui (Diospyros kaki) é muito apreciado no Japão. Enquanto tantas plantas estrangeiras chegaram ao Brasil pelas mãos de portugueses, o caquizeiro foi trazido pelos imigrantes japoneses do início do século passado.

Naturalmente adaptada a climas subtropicais e temperados, essa árvore se adaptou, no Brasil, ao sul e sudeste do país. Há grande variedade de caquis, algumas produzidas aqui mesmo no Brasil. O sabor do fruto varia do azedo ao doce.

versão para impressão: versão para impressão