Aumentar tamanho da letra  Reverter ao tamanho original Diminuir tamanho da letra  english español

Essa é minha, eu vi primeiro!

Por: Henrique Wogel

Dois machos brigando

Dois machos brigando

Na época do acasalamento, muitos machos da Phyllomedusa rohdei, conhecida como perereca da folhagem, reúnem-se ao redor de poças d’água para encontrar as poucas fêmeas que aparecem a cada noite. As fêmeas são atraídas pelos cantos nupciais emitidos pelos machos (som semelhante ao bater das palmas), que permanecem parte do seu tempo patrulhando seu território, chamado de sítio de corte, à procura não somente de fêmeas, mas também de outros machos intrusos. Invadir o território de um macho pode custar uma boa briga entre o intruso e o dono do pedaço e, geralmente, ou vence o dono da área ou aquele que estiver em melhores condições físicas.  Na foto, os machos se encontram pendurados na vegetação, brigando, de cabeça para baixo.

Quando uma fêmea chega ao sítio de corte, uma verdadeira disputa é travada entre os machos que a avistaram. Aquele que primeiro subir em suas costas terá o prazer de fertilizar seus óvulos e, consequentemente, ser pai dentro de poucos dias. De um modo geral, há dois meios de um macho conseguir seu objetivo: ser maior que seus rivais e estar bem disposto para brigar e expulsá-los, conseguindo assim o monopólio e o acesso exclusivo à fêmea; ou ser menor e mais rápido, evitando confusões e chegando mais rápido ao encontro dela. Do ponto de vista da fêmea, acredita-se que quanto maior o número de machos que conseguir atrair com todo seu charme, maior será seu benefício reprodutivo.

Você saberia explicar isso? Acertou se você pensou em competição! Quando mais de um macho avista a fêmea e entra na disputa, maior a chance da fêmea de se acasalar com um macho mais competitivo e saudável, seja ele grande ou pequeno. Como metade das características de seus filhos serão herdadas do pai, os filhos poderão ser tão bons quanto ele.

Uma curiosidade: o nome Phyllomedusa rohdei vem do grego e significa rainha ou protetora (medusa) da  folha ou folhagem ( phyllo).

Veja também

Berçários suspensos

versão para impressão: versão para impressão