Aumentar tamanho da letra  Reverter ao tamanho original Diminuir tamanho da letra  english español

Prato principal??? Nem pensar!!!

Por: Ellen Pombal

Alguns animais possuem mecanismos de proteção para não virarem "comida" de outros animais. Na camuflagem, por exemplo, o animal se confunde, no aspecto ou na cor, com o ambiente em que vive e, dessa forma, consegue se esconder. No município do Rio de Janeiro, vive uma rã (clique aqui para tentar encontrá-la) conhecida como sapo-de-chifres, que se camufla muito bem no chão da mata.

Quando os animais de uma espécie assemelham-se aos de outra, obtendo alguma vantagem com a semelhança, chamamos de mimetismo. A cobra-coral é um exemplo de mimetismo, pois a falsa coral não é venenosa e se beneficia por ser parecida com a coral verdadeira que é venenosa.

Na coloração de advertência, o animal, através de seu aspecto ou cor, adverte o predador de que possui defesas. Essas defesas podem ser um gosto ruim ou a liberação de secreções irritantes ou ainda certos tipos de veneno.

versão para impressão: versão para impressão