Aumentar tamanho da letra  Reverter ao tamanho original Diminuir tamanho da letra  english español

Aprenda a se orientar pelos astros!

Por: Maria Ramos

Os astros sempre tiveram uma importância enorme para a orientação e para localização dos pontos cardeais – Norte, Sul, Leste e Oeste –, principalmente antes da invenção da bússola. Com um pouco de prática, você também pode aprender a se orientar pelo céu!

Clique na imagem para encontrar a Estrela Polar

Clique na imagem para encontrar a Estrela Polar

Para quem está no hemisfério norte do planeta, que inclui a América do Norte, América Central, Europa, Ásia e a parte norte da África, pode ser muito fácil achar os pontos cardeais quando se tem o hábito de observar as estrelas. Basta encontrar no céu, durante a noite, uma estrela chamada Polar que nunca sai do lugar.

Essa estrela não nasce de um lado e nem se põe do outro, porque ela está bem na direção do eixo de rotação da Terra, sobre o Polo Norte. Por causa de sua posição, alguém que observe a estrela Polar tem a impressão de que todas as outras estrelas giram ao redor dela.

A rotação consiste no movimento giratório da Terra em torno do seu eixo, uma linha imaginária que passa pelo centro da Terra e que atravessa os polos Norte e Sul.

A estrela Polar faz parte da constelação Ursa Menor. Se nos colocarmos de frente para a Polar, encontramos o Norte e, então, às nossas costas temos o Sul, à direita o Leste e à esquerda o Oeste.

Clique na imagem e encontre o Cruzeiro do Sul

Clique na imagem e encontre o Cruzeiro do Sul

Mas a Polar é vista por quem está no hemisfério norte do planeta. Nós, que estamos no hemisfério sul, podemos usar como referência, à noite, a constelação do Cruzeiro do Sul. Ele é formado por um grupo de cinco estrelas, brilhantes o suficiente para serem vistas, mesmo da cidade, com as luzes acesas.

Para encontrar o Cruzeiro do Sul você pode recorrer a duas estrelas da constelação do Centauro, muito brilhantes, conhecidas como guardiãs da cruz. Elas estão sempre próximas do Cruzeiro do Sul, como se estivessem guardando a cruz e apontando sua direção: Alfa do Centauro e Beta do Centauro.

Depois que você tiver encontrado o Cruzeiro do Sul, basta prolongar o braço maior da cruz quatro vezes e meia e traçar uma linha imaginária até o horizonte para encontrar o Sul. Olhando de frente para o Sul, atrás de você estará o Norte, à direita o Oeste, e à esquerda o Leste.

Cruzeiro do Sul em diferentes posições. Ilustração: Barbara Mello

Cruzeiro do Sul em diferentes posições. Ilustração: Barbara Mello

Cuidado! Não adianta prolongar o braço da cruz até o horizonte, pois você não encontrará o Sul. O que você deve fazer é medir quatro vezes e meia a partir do pé da cruz e, aí, descer para o horizonte onde estará o Sul.

 

Guiado pelo sol

Crédito Fotos:

Estrela Polar - Wally Pacholka/AstroPics.com

Cruzeiro do Sul - Greg Bock/SAS

Fontes de informações:

http://www.silvestre.eng.br/astronomia/criancas/orientasol

http://www.cdcc.sc.usp.br/cda/ensino-fundamental-astronomia/parte1a.html

Agradecimentos:

Alexandre Cherman, astrônomo da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro.

Consultoria: Tereza Costa - Museu da Vida / Fiocruz

versão para impressão: versão para impressão