Aumentar tamanho da letra  Reverter ao tamanho original Diminuir tamanho da letra  english español

Dormindo acordado

Por: Juliana Rocha

Você já assistiu ao desenho animado “Scooby-Doo”? Lembra do Salsicha, aquele adolescente franzino e medroso responsável pelo Scooby? Em algumas cenas desse desenho, o Salsicha aparece falando, andando e até assaltando a geladeira enquanto está dormindo!

Ilustração: Barbara Mello

Ilustração: Barbara Mello

Pois é, algumas pessoas realmente fazem tudo isso enquanto dormem. Os distúrbios de interrupção do sono caracterizados por atividades físicas involuntárias, ou seja, desenvolvidas sem a intervenção consciente da pessoa, são conhecidos como parassonias.

Entre as parassonias mais comuns estão o sonambulismo, o solilóquio e o bruxismo. Esses nomes complicados designam, respectivamente, as atividades de andar, falar e ranger os dentes enquanto se dorme. As pessoas que têm alguma parassonia parecem estar acordadas – muitas delas ficam, inclusive, com os olhos abertos, mas estão na verdade num estado misto de alerta e descanso.

Os sonâmbulos são capazes de sentar eretos sobre a cama, andar e mesmo realizar atividades complexas como, por exemplo, dirigir um carro, enquanto estão dormindo. Embora alertas o suficiente para estarem ativos, os sonâmbulos não estão conscientes de seus movimentos: por isso mesmo podem se machucar enquanto os realizam. Trancar janelas e portas e mantê-los longe de objetos cortantes ou escadas são alguns cuidados necessários à precaução de acidentes.

Já falar dormindo é inofensivo. Ou quase: vai que você conta aquele segredo?! Pessoas que falam enquanto dormem podem tanto gritar de repente uma ou outra palavra durante a noite, como narrar toda uma história, sem que isso perturbe seu sono. Quando a fala acontece durante as primeiras fases do sono, costuma ser compreensível. Mas, ao acontecer durante o sono profundo, é completamente desarticulada.

O bruxismo é geralmente percebido pelos dentistas, pois causa o desgaste do esmalte que cobre os dentes. Quem sofre de bruxismo pode também apresentar dores de cabeça e feridas na boca.

Acordar uma pessoa durante a manifestação de parassonia não é uma boa ideia. A tentativa pode fracassar e ter mesmo o efeito contrário ao pretendido: ao invés de interromper a manifestação, pode prolongá-la. Além disso, caso se consiga realmente acordar a pessoa, ela pode ficar confusa ou reagir com violência. O melhor a fazer em um caso destes é conduzir calmamente a pessoa de volta à cama ou a algum lugar tranquilo onde ela possa se deitar.

Além destes, existem outros distúrbios do sono. Você sabia que o ronco é um deles? O ronco nada mais é do que a vibração dos tecidos moles da garganta, localizadas principalmente entre o pálato – a "campainha" – e a língua. Comum em pessoas que estão acima do peso ideal, o ronco tende a piorar com a idade. Insônia e pesadelos são outros exemplos.

É necessário procurar um médico quando estas interrupções do sono prejudicam a rotina da família, não deixando que um ou mais membros tenham uma noite tranquila de descanso, pois dormir é essencial para a nossa saúde!

Veja por que nós precisamos dormir

Fontes de informações:

Talk about Sleep

Sociedade Brasileira do Sono

Dr. Drázio Varella (Site Oficial)

versão para impressão: versão para impressão