Fiocruz
No Brasil, há hoje dois milhões de pacientes crônicos com doença de Chagas. Destes, seiscentos mil desenvolvem complicações cardíacas ou digestivas, que matam cerca de cinco mil pessoas a cada ano.

A doença de Chagas humana é muito antiga - seus primeiros vestígios remontam à América pré-colombiana.



É considerada uma das doenças da pobreza, já que está associada a condições precárias de habitação. Contudo, ainda hoje não há cura e os medicamentos disponíveis tem efeitos colaterais e não são eficientes para tratar todos os casos.
Forma tripomastigota sanguícola do Trypanosoma cruzi. Microscópio Eletrônico | Foto: Rubem Menna Barreto

Um Toque de Arte. Imagens inéditas sobre o mal de Chagas.

Veja mais